Noticia

Como montar uma vitrine atrativa na sua padaria?

19Nov

Como montar uma vitrine atrativa na sua padaria?

Sabia que boa parte das vendas depende da exposição dos produtos? Não basta apenas colocar seus pães para que todos vejam, é preciso ter sensibilidade para chamar a atenção dos clientes e fazer com que eles comprem. Pensando nisso, você sabe como montar vitrine?

Pode até parecer uma missão difícil, mas podemos garantir que é mais fácil do que você imagina. Com alguns truques é possível elaborar uma vitrine superatraente e vendável. Quer saber como? Então, continue a leitura, pois, neste post, trouxemos dicas incríveis. Vamos lá?

Conheça a preferência dos seus consumidores
A pesquisa do público-alvo é sempre importante. Afinal, é ela quem vai ser um guia para traçar as estratégias, desde o tipo de produto a ser vendido até mesmo como montar a vitrine. Direcionar o seu negócio para o consumidor que está mais propenso a comprar de você aumenta as chances de venda.

Vamos supor que a análise concluiu que os seus clientes têm preferência por comprar pães maiores, já que é um bairro familiar. Então, dê preferência para esses itens na hora de expor na vitrine principal. Agora, se for um local com muitas empresas e que as pessoas consomem os produtos na padaria mesmo, talvez seja melhor colocar os produtos de consumo rápido em destaque.

Esses foram apenas alguns exemplos. Você só vai descobrir essas e outras informações mantendo um relacionamento com o cliente e observando o seu público-alvo.

Defina os objetivos
Qual é o seu objetivo ao montar a vitrine? Sabemos que é vender sempre mais e aumentar o faturamento. Entretanto, existem alguns pontos a serem observados na hora de expor os produtos. Se você precisa vender algum produto que está “encalhado”, pode dar maior destaque para ele. Veja outros exemplos:

- evidenciar uma promoção;
- fazer lançamentos de produtos;
- demonstrar a variedade.

Obviamente, esse objetivo não precisa ser engessado e pode ser mudado de acordo com a necessidade do negócio. Porém, é importante traçá-lo para que sua vitrine tenha um foco e você possa visualizar os resultados dela. Não deixe de observar e registrar se sua estratégia está dando certo ou não. Isso será fundamental para que possa traçar novos planos.

Saiba como organizar os produtos
O modo em que você organiza os produtos pode ser determinante para a compra dos clientes. Além de uma arrumação bonita, como fileiras bem-feitas, a altura em que você deixa os itens à mostra influencia na decisão dos consumidores. Olha só:

- acima da cabeça: disponha os produtos que são menos procurados;
- altura dos olhos: coloque os produtos com valores mais altos porque os clientes costumam olhar mais para eles e as chances de comprá-los aumentam;
- linha da cintura: deixe os produtos mais procurados.

Utilize uma boa iluminação
De nada vai adiantar você fazer uma vitrine linda e toda pensada para aumentar as vendas, se ela não for bem iluminada. A falta de claridade impede a boa visualização do cliente e pode não favorecer os seus produtos. Sendo assim, não se esqueça de conferir se há uma iluminação nas suas vitrines.

Se o ambiente da padaria não oferecer boa claridade nas vitrines, você pode investir em balcões com iluminação própria ou que facilitem a entrada de luz, como os modelos compostos por maior parte de vidro.

Mantenha as vitrines limpas
Pode parecer um tanto quanto óbvio, mas é preciso reforçar a importância de trazer as vitrines limpas. Essa prática é importante não somente para manter qualidade dos produtos, mas também para passar uma boa impressão para o consumidor.

Por mais que não tenha “sujeira” propriamente dita, uma vitrine cheia de farelos e outros restos não é atraente, concorda? Dá a impressão que os produtos não são frescos e que a padaria não tem higiene suficiente. Sendo assim, limpe os balcões frequentemente, principalmente a cada reposição.

Aproveite as datas comemorativas
Já pensou em fazer vitrines temáticas? Elas são uma ótima oportunidade de atrair os clientes, já que chamam a atenção, quando bem montadas. Dia das mães, dia dos namorados, natal, festa junina etc. são algumas datas comemorativas para explorar essa questão.

Por exemplo, nas datas em que é costume presentear, além de trazer uma decoração mais específica sobre o tema, exponha os alimentos que também servem como presentes, como tortas, bolos e bombons. Outro exemplo: na época junina, coloque os produtos que tem a ver, como os feitos à base de milho, amendoim e paçoca.

Coloque o preço e a identificação
Se existe algo bem desagradável, não somente em padarias, é você olhar uma vitrine e ela não ter o preço do produto. Muitos consumidores chegam a desistir da compra por esse motivo, já que podem se sentir constrangidos de perguntar os valores de vários itens, por exemplo.

Portanto, sempre coloque os preços de forma clara e visível. Aliás, não colocar os valores à mostra é uma prática vedada pelo Código de Defesa do Consumidor e punida com multa. O que não é legal para o negócio. Além disso, é interessante colocar identificação do nome e do sabor de cada item, pois também facilita a escolha do cliente.

Preocupe-se com a decoração
Uma padaria artesanal deve ter um diferencial das comuns até mesmo na decoração. A vitrine é algo que não deve ficar de fora ou destoar do ambiente. Por isso, se preocupa também com a ornamentação dos balcões. Quando falamos em artesanal, logo pensamos em algo rústico, certo?

Sendo assim, uma boa ideia é usar cestas de palha ou vime, tábuas de madeira e outros utensílios que passam essa rusticidade tão bonita.

Viu como montar uma vitrine de pães artesanais é mais simples do que você imaginava? Uma boa exposição dos produtos pode representar boa parte do sucesso das vendas. Por isso, não deixe de fazer isso de maneira caprichada para atrair mais clientes e aumentar o faturamento!

Fonte: Massa Madre Blog

(899)