Noticia

Empresas apostam em novas estratégias de negócios

14Mai

Empresas apostam em novas estratégias de negócios

Empresas de todos os setores têm sido afetadas de forma direta devido à crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

A pesquisa Covid-19 e os impactos econômicos nos pequenos negócios de Minas Gerais, realizada pela Unidade de Inteligência Empresarial do Sebrae Minas, aponta que três meses é o tempo médio que a maioria (57%) dos empreendedores de micro e pequenas empresas mineiras acredita que conseguirá manter os negócios funcionando.

Para enfrentar os desafios impostos pelo isolamento social e o fechamento de grande parte dos estabelecimentos, empresários da área da saúde e bem-estar de Juiz de Fora, na Zona da Mata, têm se reinventado e apostado em novas estratégias de negócios.

O educador físico Thiago Nunes, do estúdio de treinamento esportivo personalizado Vivazfit, relata que, no início do isolamento, o impacto foi muito forte nos negócios.

“Ainda estamos sofrendo com a paralisação, mas buscando novas alternativas para atender nossos clientes”.

O marketing digital tem sido o maior investimento do estúdio, tanto na manutenção de clientes quanto no trabalho de follow up e na captação de receita. “Tudo ainda é muito novo. Estamos buscando inovar essa ferramenta a cada dia, com vídeos de treinos, treinamento on-line e lives pelo Instagram.

Outro estúdio de treinamento personalizado que tem enfrentado a crise de forma criativa é o Salzer Studio Fitness. Segundo o educador físico Eduardo Borba Salzer, o impacto maior foi a obrigatoriedade de interromper os atendimentos presenciais. “Como o nosso atendimento é todo personalizado e exclusivo, isso, a princípio, foi o mais grave e preocupante. Junto, veio o receio quanto ao faturamento, pois como iríamos faturar sem ter o atendimento presencial?”, pergunta o empresário.

Para driblar o obstáculo, o primeiro passo foi manter a característica do estúdio de treinos exclusivos e personalizados, enviando treinos para serem realizados pelos alunos em casa. A partir daí, surgiu a ideia da construção de uma consultoria on-line, o que ampliou o mercado de atuação e a captação de novos clientes. “Temos feito lives regulares no Instagram e criamos um canal no Youtube para salvar o conteúdo, que pode ser acessado por todos, a qualquer hora do dia.”

Eduardo Salzer participou do Programa Agentes Locais de Inovação (ALI), do Sebrae Minas, que proporciona orientação proativa, gratuita e personalizada, nas micro e pequenas empresas, visando estimular o talento e a criatividade dos empreendedores, com o objetivo de ampliar a inovação e impulsionar negócios e ideias.

“No momento, estamos colocando em prática a ferramenta que construímos durante o ALI. Desenvolvemos um sistema de gamificação e lançamos um desafio aberto ao público, a fim de incentivar as pessoas a praticarem exercício físico regularmente e a conhecer nossa metodologia de trabalho. Para ambas as propostas, o marketing digital está sendo uma ferramenta fundamental e tem nos auxiliando na divulgação da marca, ampliando, assim, nossa oferta de negócios”, finaliza o empresário.

Daniel Gravena, da clínica médica multiespecialidades MedMais Consulta, diz que, com a pandemia e o isolamento social, teve uma queda brusca na quantidade de atendimentos.

“Como solução, passamos a oferecer serviços de teleconsultas para as especialidades de psiquiatria, clínica geral, dermatologia, gastroenterologia e psicologia.”

Além disso, a clínica estabeleceu protocolos de prevenção para aumentar a segurança de todos os que comparecem às suas unidades. “Levamos também informação às pessoas por meio da produção de conteúdo informativo em nossas redes sociais, visando educar e conscientizar a população neste momento de pandemia.”

A instabilidade econômica gerada pelo Covid-19 afetou negativamente 89% dos pequenos negócios mineiros, segundo estudo do Sebrae Minas. Os efeitos imediatos da crise são as reduções do faturamento e dos lucros, além do aumento do endividamento, das despesas e dos custos. (ASN)

Fonte: Diario do Comercio

(416)