Noticia

Então é Natal? Pandemia acelera produção e panetones já aparecem nas prateleiras

15Set

Então é Natal? Pandemia acelera produção e panetones já aparecem nas prateleiras

Encontrar uma caixa de panetone nos supermercados te leva imediatamente ao clima natalino? Pois é, tradicional nas mesas dos brasileiros nas festas de fim de ano, o doce é facilmente encontrado nos meses de setembro e começo de outubro, mas neste ano, a pandemia acelerou a produção dos queridos pães e, em meados de agosto, muitos estabelecimentos já exibem caixas do doce para as vendas.

Panetone de fruta, chocotone, panetones recheados de brigadeiro, trufados, com doce de leite, entre outros, sempre começam a ser distribuídos às lojas em setembro, mas os leitores do Jornal Midiamax estranharam a aparição dos queridos pães natalinos já expostos à venda em pleno agosto.

E surpresa na aparição dos produtos surpreendeu até os que trabalham no setor econômico. Segundo funcionário de uma rede de atacado, inúmeros paletes da mercadoria têm chegado neste mês e quantidade está ultrapassando as demandas iniciais do ano anterior.

Para o gerente de um hipercenter na Capital, realmente, a chegada “precoce” dos panetones para as festas de final de ano surpreendeu e, para ele, a explicação seria que a indústria não viu outra alternativa ao não ser acelerar fabricação diante da crise da Covid-19, o novo coronavírus.

“Acho que não tiveram outro caminho ao não ser produzir para fazer girar a roda da economia. Todos os anos tem uma programação e como o volume é grande, eles programaram para não chegar tudo de uma vez e assim vai desafogando a indústria”, disse o gerente.

Ainda segundo ele, o panetone tem deixado se ser apenas um doce de final de ano, pois tem se tornado um produto para qualquer época do ano. “Está mudando o comportamento de consumo. As pessoas estão trazendo para o dia a dia. O panetone está quase deixando de ser um produto sazonal”, pontou. No hipercenter, a padaria já deve começar a produzir o pão no mês que vem, assim como a distribuição dos produtos nas caixas nas prateleiras.

Nos mercados dos bairros, também já é possível encontrar o doce natalino. De fabricação própria ou revenda de grandes marcas, os estabelecimentos apostam nas vendas para este ano.

Conforme Tácio Farah, gerente do Mercado Santa Rita, os produtos começam a chegar nas prateleiras depois do meio do mês de setembro, mas neste ano, devido a pandemia, as indústrias podem ter antecipado a produção.

“Até a nossa padaria começou a produzir os panetones nesta semana. São 20 tradicionais de frutas e 20 de chocolate por semana. O panetone é um produto que tem se tornado comum na mesa do brasileiro o ano inteiro, tem deixado de ser algo apenas para o fim do ano”, opinou o gerente.

Fonte: midiamax

(576)